19 de nov de 2008

Rainha das Noivas inaugura 1ª loja na Serra Gaúcha


Farroupilha foi a cidade escolhida pela rede para receber sua primeira franquia instalada na região. Para Saul Wainberg, sistema de franchising pode beneficiar-se com a crise.

A mais nova unidade da Rainha das Noivas (av. Cel. Pena de Moraes, nº 680, loja 2– Centro de Farroupilha) abre as portas a clientes, amigos, convidados e autoridades nesta sexta-feira, 21, a partir das 9h, com coquetel, atrações especiais, sorteios de brindes e promoções exclusivas. A loja com cerca de 100 metros quadrados de área para atendimento ao cliente, vai oferecer mais de 3 mil diferentes itens entre cama, mesa, banho e decoração. "Sabemos que o poder aquisitivo, o bom grau de escolaridade e a intimidade que os farroupilhenses têm com as tendências da moda – afinal, esta é a Capital Nacional da Malha –, os tornam ainda mais exigentes e estamos prontos para os atender e os satisfazer sempre", enfatiza Saul Wainberg, presidente do Grupo Wainberg – holding da qual faz parte a Rainha das Noivas. Segundo Wainberg, diante das incertezas econômicas, optar por abrir uma franquia de uma marca consolidada tem se tornado ainda mais tentador. Cláudia Bittencourt, diretora-geral da Bittencourt Consultoria, empresa paulista especializada em desenvolvimento organizacional e expansão de negócios, reforça a tese: "o franchising tem se mostrado como uma oportunidade para a aplicação segura e com retorno bem menos atrelado às baixas da bolsa e seus ativos". De acordo com a consultora, a premissa de que por trás de uma ameaça de mercado sempre há uma oportunidade se confirma. "Quem estava com dúvidas em abrir o negócio próprio agora está correndo atrás das opções", completa. Para a Rainha das Noivas, dedicação exclusiva é a principal característica observada nos candidatos a franqueados, que não precisam ter experiência no varejo. Cabe ao empreendedor administrar bem o negócio, já que as franquias da rede são formatadas para que ele receba todo o know how necessário para operar a unidade e obter resultados com o capital investido. Além de treinamento intensivo e de suporte de marketing para o lançamento da loja, cada novo franqueado é assessorado por uma equipe de gestores e de apoio operacional.Todas as franquias são localizadas em pontos de grande circulação de público das classes C e D. A meta em 2009 é abrir outras 8 novas lojas no Estado.